sexta-feira, dezembro 28, 2007

Eu sou a lenda

O ar da cidade de Nova Iorque foi infectado por um vírus mutante que torna os humanos em zombies e os restantes animais também não escapam. Robert Neville é um cientista que ficou imune ao vírus e procura desesperadamente a cura! Ele e a sua cadela sobrevivem cada dia numa cidade fantasma onde depois do pôr-do-sol são os zombies quem mandam! O filme está muito bem conseguido e o Will Smith tem mais uma muito boa interpretação (parece que finalmente ele está a saber escolher bem os papéis!). Se gostam de acção/ficção/thriller tudo junto então este filme é para vocês!

Classificação: 8/10

4 Críticas:

Blogger LopesCa disse...

Não é para corações fracos, na verdade é super violento.
Gostei da interpretação do Will mas de resto tem um desenrolar muito clássico :)

http://lopesca.blogspot.com/2008/01/cinema-eu-sou-lenda.html

6/1/08 23:32  
Blogger AG disse...

Gostei bastante, acho que está bem conseguido

14/1/08 22:55  
Blogger Paulo Leonardo disse...

Olha o filme, pode ter as suas falhas como qualquer outro, porém a analogia do filme é bastante interessante. Se observarmos a ciência nos dias atuais é notório que os cientistas buscam incessantemente por curas, ainda mais que isso envolve é sinônimo de “Dinheiro”, mas a busca por essas curas podem originar em outras doenças e obviamente o surgimento de vírus altamente catastróficos aos seres humanos. É comum vermos na internet e ao ligarmos a televisão, cientistas dizerem que os vírus estão em mutação isso já é mais que normal. Vocês acham que os cientistas já não tentaram de tudo, e ainda tentam coisas que se nos tivéssemos acesso possivelmente entraríamos em estado de choque com tais aberrações, eles nem sabem manipular 100% o DNA humano. Dentro desses laboratórios tudo é testado, todos os tipos de vírus e bactérias são testados entre si e usados em animais e quem sabe ate mesmo em humanos. Não estou dizendo aqui, que em um futuro próximo vamos virar zumbis ou algo do tipo, mas existem aberrações feitas nesses lugares. Se observarmos melhor existem muitos vírus em animais que mudam quase que em 70% o seu comportamento, e como dito acima esses vírus ou bactérias estão em mutação o que quer dizer que logo podem afetar os seres humanos, ainda mais que os próprios cientistas os manipulam. Sem falar nos interesses monetários, armas biológicas, política em fim vivemos em um mundo capitalista onde o importante é o poder e pra isso tudo é possível inclusive matar pessoas. (essa parte já é um pouco de mim galera é apenas um pensamento).
Quanto ao filme Residente Evil esta voltado mais a ação e não a analogia em que o filme “Eu sou a Lenda” nos mostra, existe claro o lado do vírus e o capitalismo, mas voltado para outro tipo de questão.
Queria falar mais sobre esse filme, pois existem coisas interessantes, mas não tenho tempo agora!!
Abraço a todos e quando assistirem ao filme tenha a mente aberta, observem e façam associações inteligentes quanto ao mundo que vivemos.

15/1/08 17:42  
Blogger Cristina7 disse...

é sempre bom um filme que fale de tecnologia (que neste caso vê a nanotecnologia pelo seu "bright side") e que a insira numa história cativante e interessante em que procuramos saber muito mais...
xx

1/6/08 15:11  

Enviar um comentário

Links para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home