quarta-feira, dezembro 13, 2006

O Perfume — História de um Assassino

O perfume prometia muito mas afinal não cheira assim muito bem. Para começar é um filme onde se tem a sensação... isto nunca mais acaba! O ritmo do filme é tipo caracol em especial no inicio. Depois o filme não se sabe se é carne ou peixe nem é um policial de época, nem é uma sátira, nem é um drama. E o final do filme é absolutamente surrealista! Bom, devem estar a perguntar para vocês mesmo, mas há alguma ponta por onde se pegue neste filme? A resposta é... há, mas pega-se por pouco, ao nível da fotografia e banda sonora. Sendo o tema do filme, o cheiro... será dificil de filmar e de transpôr para algo palpável e por isso este filme descamba em dada altura em cenas onde se passa sempre o mesmo só mudando a vítima. Eu não li o livro, mas fiquei com curiosidade em ler pois o filme deixa a desejar. Para rematar as interpretações também não são grande espingarda e até o Dustin Hoffman tem uma má interpretação.

Classificação: 4/10

4 Críticas:

Anonymous sarita disse...

A sério, sr. do caracas? Olha que eu li o livro, que é bizarro e muito forte e tinha curiosidade em ver o filme. A ver se depois digo alguma coisa.

4/1/07 15:43  
Blogger LopesCa disse...

Eu gostei MUITO.
Achei o filme muito bom e coerente com o livro.

"O Perfume — História de um Assassino" by LopesCa

13/2/07 23:19  
Anonymous Anónimo disse...

Eu comecei por ler o livro e penso que está extremamente bem escrito. Tive curiosidade em ver o filme e sinceramente gostei ainda mais do que do livro, por isso penso que ou nao percebeste o sentido e a mensagem do filme ou decididamente tens este tipo de critica para dizer mal, pois esse é o teu papel aqui.

20/1/08 17:04  
Anonymous Anónimo disse...

então, explique o sentido que estou curioso...

20/5/08 01:03  

Enviar um comentário

Links para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home