terça-feira, janeiro 27, 2009

Crónica dos Maus Serviços 1 - MEO (Actualizado - 10/02/2009)

Adenda: 10/02/2009: Afinal, quase sem surpresa, verifiquei que o que foi falado não se reflectiu na factura enviada neste mês. Infelizmente não espanta.
Conclusão: O problema continua por resolver. Mais uma nota negativa para o serviço do MEO. Já foi encaminhada uma queixa ao qual responderam com a habitual frase colocada por copy & paste a dizer que estão a avaliar a situação.

Adenda
: 02/02/2009: No final da semana passada fui contacto por um senhor da PT pertencente à provedoria do cliente, que me espantou pela positiva, pois ao contrário dos outros com quem falei entendia a língua portuguesa.

Para inaugurar esta crónica nada mais nada menos do que uma empresa do grupo PT. Surpreso? Como é que esta empresa que sempre nos habituou a tão bom serviço pode agora ser alvo de uma crítica? Claro que estou a ser irónico, a PT sempre foi alvo das maiores críticas desde o tempo dos CTT.

Este caso que vos descrevo é contado na primeira pessoa e não algo que tenha ouvido por aí.
Tudo começa como quase sempre, nestes serviços, por abrir a porta a um vendedor muito bem falante. Se poderem evitem esta parte e verão que acabam com uma série de problemas.

Bom, o senhor lá explicou as vantagens do produto. Não pagava a instalação no valor de 80€, não pagava a activação, não pagava a primeira mensalidade no valor de 50€ e ainda teria um desconto mensal de cerca de 5€ durante os primeiros 12 meses.

Tudo fantástico! A informação final, resumia-se a pagar 50€ por mês durante o primeiro ano e 55€ depois.

Acordei e passamos aos pormenores. Indiquei a forma como queria proteger os meus dados, que pretendia um telefone com número privado para evitar as chamadas incomodas dos vendedores de tretas e dos conhecidos concursos por telefone(podemos falar deles num outro post)...

Tudo muito bem. Eu no entanto pretendia analisar melhor o contrato, mas o vendedor lá fez o papel que foi ensinado talvez por uma formação da PT, lá foi dizendo que depois podia já não haver a promoção, e que podia sempre desistir no prazo de 15 e tal. Lá assinei confiando tambem na palavra do vendedor, afinal estava a representar uma empresa que apesar de tudo tem um certo nome. O pior vem depois.

A primeira factura tinha um valor pornográfico de mais de 100 €. Tinham cobrado tudo, instalação, activação, etc, etc.

Indignado lá peguei no telefone e após mais de 30 minutos(isto na segunda chamada, pois na primeira não havia sistema), lá consegui que me dessem o valor correcto a ser cobrado, ou assim pensava eu como vão ver mais tarde, não sem antes tentarem o conhecido esquema do "pague agora que depois logo descontamos". Nunca vá por ai. Exija sempre pagar apenas o que lhe é devido.

Estranhei no entanto ainda o valor apresentado. É que não estava a ver onde estava o desconto de 50€ da primeira mensalidade. O rapaz do call center respondeu então esta coisa extraordinária: "Sabe, é que a MEO cobra sempre um mês em avanço, e portanto já descontaram os 50€, o que está a pagar agora é o mês que vem!". Depois de uma informação tão estranha, perguntei diversas vezes se isso era mesmo assim. Ele continuou a insistir.

Chega então uma segunda factura, onde me apercebi de várias coisas.

1) Não me estava a ser descontados os 5€ mensais
2) Mesmo que existisse esse desconto o valor da mensalidade seria de 55€ e não de 50€.

Mais uma vez telefonei. O que já em si é mau, afinal até agora nenhuma factura tinha vindo em condições. Será que não sabem fazer uma porcaria de uma factura?

Na primeira linha(os putos novos) do call center, lá consegui resolver o problema dos 5€ euros mensais, porém para o problema da mensalidade fui passado para uma segunda linha(mais velho, mas com problemas de raciocínio). Percebi então que o valor que me tinha sido vendido não incluia o aluguer da box. Para eles a mensalidade é uma coisa que se paga todos os meses para ter o serviço, mas que não inclui a box, apesar de ser um aparelho sem o qual não existe serviço. Eis a lógica brilhante da coisa.
Tive nisto tudo mais de 40 minutos com o telefone nas mãos.

Ele lá disse que ira enviar o assunto para análise. Indignado enviei uma queixa à DECO, que também demostrou muitas deficiências neste caso(fica para um outro post).

Apresentei queixa a várias autoridades sobre a publicidade enganosa feita pela MEO ao publicitar preços que sabe não serem os finais, pois acresce sempre a bendita box. Também sem qualquer resposta, como é normal na maioria das nossas organizações, (e quando respondem, respondem a tudo menos à nossa pergunta). Provavelmente responder implica trabalho e para isso não contém connosco.

Nunca mais recebi nenhuma informação sobre a tal analise do problema. Fui enviando emails à PT a pedir explicações. No meio das mensagens apercebi-me também que afinal me estavam a dever os 50€ da primeira prestação. A tal história do puto do call center sobre pagar um mês avançado, era, como eu já desconfiava, uma parvoice de todo o tamanho. Isso lá foi resolvido numa terceira factura. Tendo portanto pago mais dinheiro que devia sem receber nenhum juro compensatório. A troca de emails foi sendo continuada até que recebi uma carta explicatória. Na carta descrevem o serviço e os preços. Infelizmente a informação é a mesma que eu já me tinha apercebido. Os preços praticados são diferentes dos preços reais. Apesar das reclamações, insistem em não cumprir o que prometeram.

Por último, comecei a estranhar receber chamadas com publicidade apesar de ter indicado o meu telefone como privado. Questionei a PT sobre qual o estado da privacidade do meu telefone. Para meu espanto descobri que o telefone apesar das minhas indicações estava como "não privado". Ainda agora estou a tentar resolver essa questão.

Resumo:
Falha ao cobrar valores de instalação e afins
Falha nos valores mensais prometidos
Falha no desconto dos 5€ mensais
Falha na resolução dos problemas
Falha em informações erradas transmitidas pelo call center
Falha na informação relativa à privacidade do número de telefone

Provavelmente estes casos são uma minoria, mas tenham cuidado com a MEO.

Não se esqueçam que os valores publicitados não tem o aluguer da box, pelo que devem acrescentar sempre esse valor mentalmente para compararem com outros produtos.

Nunca coloquem, pelo menos não inicialmente, o pagamento em débito bancário, pois uma vez em posse do dinheiro perdem vantagem na defesa dos vossos direitos.

2 Críticas:

Blogger Filipe Machado disse...

Nada que me espante, infelizmente...

28/1/09 00:07  
Blogger Luis Filipe Domingues disse...

Há mais pessoas com pesadelos com o MEO: http://www.omeopesadelo.com/

13/10/10 00:38  

Enviar um comentário

Links para este artigo:

Criar uma hiperligação

<< Home